pt PT en EN

Ficções

Cinema, fotografia e memória. Estas imagens foram produzidas a partir de fotogramas de 3 filmes 16 mm, preto e branco, de propriedade do senhor Manoel Roque.

Os rolos de filmes encontram-se em avançado estado de degradação, mas ainda assim constituem um valioso acervo de imagens sobre o cotidiano da vida em Diamantina nos anos 50 e 60: festas religiosas e sincréticas (divino, caboclinhos, marujada, cavalhada), bandas de música, procissões, cenas de rua, arquitetura, festas de aniversário, batizados, serestas. Para projetar esses filmes Bernardo digitalizou 30 fotogramas por vez. Depois re-fotografou algumas sequências e inseriu manipulações digitais que dão às imagens originais um aspecto ficcional, realocado no tempo e no espaço. Daí o título que homenageia o escritor argentino Jorge Luis Borges, autor de “Ficções”.

mercado velho com tropa