pt PT en EN

Espaço/Tempo

Linha do Tempo

Linha do tempo da evolução de Bernardo Magalhães - Nem de Tal da Década de 70 até os dias atuais.

A curadoria de acervos e a pesquisa de técnicas fotógraficas são uma constante no percurso de Bernardo que sempre manteve um olhar acurado sobre registros de fotógrafos brasileiros.

Profissão: fotógrafo - A fotografia deixa de ser um impulso para ser um pensamento. Hora de mergulhar na filosofia da caixa preta.

Raízes do Brasil - Na virada do século Bernardo Magalhães migra para Diamantina, sem prenúncio de cura para o vício da fotografia. Festival de Inverno, patrimônio cultural, projetos comunitários, curadoria de acervos, pesquisa de técnicas fotográficas.

Contracultura e resistência - Underground, marginalia, desbunde. Ditadura, censura, repressão. Militância contracultural: a ordem era desafinar o coro dos contentes.

Velho mundo Novo - O exercício do jornalismo cultural no velho mundo compõe um portifólio de imagens excêntricas do cenário europeu. De volta ao Brasil, assina a curadoria da exposição “Minas:minas-Memorial e Contemporânea”.